AOA retorna com seu novo álbum, e nos traz duas faixas títulos, será que valeu a pena a espera?


AOA depois de um longo tempo sem lançar nada na Coreia do Sul, começou 2016 lançando seu novo álbum, e com ele nos trouxe 2 MV’S, “Bing Bing” e “Excuse me”.

Começando por “EXCUSE ME”:



Excuse me” em qualidade musical é superior a “Bing Bing”, porém não é nada que faça muita diferença na discografia das gatas, não é uma “Minskirt” da vida, mas também não é ruim como “Good Luck”.
Obs: eu apenas continuo a pensar que o último rap da Jimin não se encaixa na música, e que deveria estar presente em outra faixa talvez.

Dá pra dar uns pontinhos a mais pra elas, graças a coreografia carismática! Haha...
E os “Cuse me Cuse me Baby Cuse me Cuse me” realmente gruda na cabeça.

Agora falando sobre “Bing Bing”:



A musica é divertida, e o refrão realmente cola na cabeça, a maknae parece ter ficado mais bonita, a coreografia não é tão carismática quanto a de “Excuse Me”, porém é mais trabalhada, e embora tenha gostado mais de “Excuse Me”, admito que o MV de “Bing Bing” é superior.
Obs: Os estilista parecem que não estavam tão inspirados, então apenas reciclaram algumas roupas de “Like a Cat”.

Quando a Mina começou a se transformar na Odile, de Barbie em O lago dos Cisnes?!


 




Nesse comeback teve:
  • ·         Jimin com voz de esquilo!
  • ·         Sexy concept sendo trabalhado com fetiches (magicas sexys e detetives sexys haha)
  • ·         Coreografia legal que gruda na cabeça.
  • ·         ChoA cantando 50% da musica mais ou menos.
  • ·         Seolhyun aparecendo só pra ser sexy.


Nota que eu daria para “Bing Bing”: 08,5 (Coreografia: 09  Musica: 07,5  MV: 9)
Nota que eu daria para “Excuse Me”:  08 (Coreografia: 07,5  Musica: 08,5 MV: 8)
Nota final pro comeback: 08,25


0 comentários: